Fóruns

Resultados da procura: 74

Página: ()   1  2  3  4  5  6  7  8  ()
 

A Educação para Todos numa Escola Inclusiva, é uma perspetiva hoje amplamente reconhecida, nomeadamente no nosso país. Um marco decisivo no seu reconhecimento ativo foi a Conferência Mundial da Educação para Todos, em 1990, na Tailândia, após a qual a UNESCO (1994) avança com a Declaração de Salamanca onde, para além de redefinir o conceito de Necessidades Educativas Especiais, avança com o conceito de Escola Inclusiva.

Com a noção de Escolas Inclusivas surge a necessidade de desenvolver um projeto coerente, ancorado numa pedagogia centrada na criança, capaz de acolher e educar todas, incluindo aquelas que são gravemente desfavorecidas.

Parte-se, pois, do princípio fundamental de que todos os alunos de uma comunidade educativa devem aprender juntos, na medida do possível, quaisquer que sejam as suas competências e/ou as suas dificuldades.

As crianças com Dificuldades de Aprendizagem Específicas (DAE) são crianças com Necessidades Educativas Especiais que internacionalmente são enquadradas nos serviços de Educação Especial, tendo deste modo direito a programas educacionais individualizados que refletem as suas características e necessidades.

No entanto, este não parece ser o caso no nosso país, onde a legislação não contempla esta categoria e, em consequência, as crianças que têm DAE são ignoradas, ficando frequentemente entregues a um insucesso escolar total que não é combatido por uma escola que quer ser Inclusiva.

Com a preocupação de contribuir para a compreensão das DAE, ao longo da nossa comunicação iremos procurar abordar alguns aspetos gerais relacionados com este tipo de população com Necessidades Educativas Especiais, bem como a algumas referências no que diz respeito à intervenção.

A presente comunicação pretende assim ser mais um contributo para que se concretize um direito das crianças com DAE, que é o de terem acesso às escolas regulares que se adequam a elas e que vão ao encontro das suas necessidades através de uma pedagogia centrada nas crianças.

 

 

Preletor: Prof. Dr. Vítor Cruz

Licenciado em Educação Especial e Reabilitação, mestre em Educação Especial e doutorado na especialidade de Educação Especial e Reabilitação. Professor Auxiliar do Departamento de Educação e Humanidades da Faculdade de Motricidade Humana, Universidade de Lisboa. Consultor para a área das Dificuldades de Aprendizagem no Centro para as Perturbações do Desenvolvimento PIN (Progresso Infantil).

 

Data: 22 de novembro de 2014

Horário: das 10:00 às 12:30 e das 14:00 às 16:30


Local: Auditório Municipal de Tondela

Público-alvo: Docentes, Psicólogos e outros técnicos.

Dinamização: Grupo disciplinas de educação especial do agrupamento de escolas de Tondela Cândido de Figueiredo


Inscrições online até 17 de novembro de 2014 (clique aqui para inscrição)

Valor da inscrição: 5 Euros

Modalidades de pagamento:

  • Transferência bancária através do NIB 0035 0816 00019903430 11
  • Via CTT, para:

Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido de Figueiredo

Rua António Quadros n.º 9, 3460-521 Tondela

  • Pessoalmente, na secretaria da escola sede do agrupamento.

 

Nota: As inscrições serão aceites por ordem de chegada, limitadas à capacidade do auditório (150 lugares) e apenas serão validadas após pagamento e envio/entrega do respetivo comprovativo, com nome completo e contacto, através do e-mail aetondela.tesouraria@gmail ou através dos CTT para a morada acima referida. O recibo será entregue no dia do seminário.

 

As bibliotecas do AETCF promovem, ao longo do mês, um conjunto de iniciativas no âmbito da Comemoração do Mês Internacional da Biblioteca Escolar.

Destacam-se: visitas guiadas à BE, formação do utilizador, sessões de leitura, elaboração de cartazes, de mapas de ideias, de elementos decorativos dos espaços e, ainda, adesão e desenvolvimento de vários projetos de promoção do livro e da leitura.
 
Link de encaminhamento para o "Blogue das BE":
 
Fotografia de Admin Moodle
por Admin Moodle - Quarta, 8 Outubro 2014, 17:24
 

LISTA GRADUADA DE AVALIAÇÃO CURRICULAR E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Técnicas de Multimédia e Projeto e Produção Multimédia

 

Ver fotos...

O Agrupamento participou nos dias 25 e 26 de setembro no Parque de Exposições de Aveiro, na Mostra do Prémio Fundação Ilídio Pinho «Ciência na Escola» - 11.ª edição.

No dia 25, decorreu a inauguração oficial com a presença de Suas Excelências o Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário e o Secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade.

No dia 26, às 15:00, com a presença de Sua Excelência o Primeiro Ministro, Ministro de Educação e Ciência e do Presidente da Fundação Ilídio Pinho,  decorreu  a cerimónia de entrega dos  prémios às escolas distinguidas, tendo o projeto do nosso agrupamento- " Em busca do barro perdido para projetar o futuro" - obtido o 2º lugar no 3º escalão.



 

O Agrupamento vai participar na Mostra do Prémio Fundação Ilídio Pinho «Ciência na Escola» - 11.ª edição, a realizar nos próximos dias 25 e 26 de setembro no Parque de Exposições de Aveiro.

No dia 26, às 15:00, com a presença de Sua Excelência o Primeiro Ministro, Ministro de Educação e Ciência e do Presidente da Fundação Ilídio Pinho,  decorrerá a cerimónia de entrega dos  prémios às escolas distinguidas, tendo o projeto do nosso agrupamento- " Em busca do barro perdido para projetar o futuro" - obtido o 2º lugar no 3º escalão.
Fotografia de Admin Moodle
por Admin Moodle - Sexta, 11 Julho 2014, 05:56
 

 

Clube do Ambiente da Escola Secundária de Molelos com o Projeto “Biodiversidade em Molelos”é um dos seis finalistas da edição 2013-2014 do Projeto 80.

 

De acordo com o Regulamento do Projeto 80, o vencedor será conhecido no final de setembro, em data e local a definir, na cerimónia de entrega de prémios do Green Project Awards.

 

O Projeto 80 é um programa, de âmbito nacional, de dinamização do movimento associativo nas Escolas que procura promover a educação para a sustentabilidade, empreendedorismo e cidadania democrática. É uma iniciativa conjunta da Agência Portuguesa do Ambiente, da Direção Geral de Educação, do Instituto Português do Desporto e Juventude, da Quercus e do Green Project Awards.

 

 

PARABÉNS AO CLUBE 

 

O Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido de Figueiredo foi um dos 20 agrupamentos selecionados a nível nacional para a 2ª fase do Projeto E.M.A. - Estímulo à Melhoria das Aprendizagens promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian. Este projeto tem como objetivo incentivar o aparecimento, o desenvolvimento e a divulgação de projetos inovadores, de qualidade, promovidos por Agrupamentos de Escolas/ Escolas públicas não agrupadas, que fomentem o sucesso dos alunos através da sua participação em atividades devidamente estruturadas e realizadas em parceria com entidades externas à comunidade escolar.
Esta iniciativa visa estimular a apresentação de propostas de intervenção que, para além de refletirem a ligação à comunidade e a entidades e instituições públicas e/ou privadas, bem como a outras escolas, facilitem as aprendizagens nas áreas disciplinares, fomentem a criatividade e o empreendedorismo dos alunos e desenvolvam competências de formação escolar, profissional e pessoal, conducentes à promoção da qualidade educativa.

 

O Agrupamento de escolas de Tondela Cândido de Figueiredo participou com várias turmas do 7º e 8º ano no concurso “SCRATCH CHALLENGE – imaginar, aprender e partilhar”.

“SCRATCH CHALLENGE – imaginar, aprender e partilhar” é um concurso de programação, promovido pelo Centro de Competência TIC da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal (CCTIC-ESE/IPS) através do seu projeto EduScratch e da Associação Nacional de Professores de Informática (ANPRI), em parceria com o projeto SeguraNet do Ministério da Educação e Ciência.

A equipa "Anni" composta pelos aluno André Rodrigues e Nicole Pocepicky ficaram classificados em 2º lugar na categoria do Terceiro Ciclo do Ensino Básico.

Parabéns a todos os alunos que participaram pois todos contribuiram, de forma direta ou indireta, para este resultado.

Mais informações em: http://projectos.ese.ips.pt/scratchchallenge/

 

Realizou-se, na Biblioteca da Escola Básica, uma sessão de sensibilização e de informação no âmbito do projeto “ Em busca do barro perdido para projetar o futuro”, relativo ao Prémio Fundação Ilídio Pinho.

Com vista a dar início às saídas de campo aos locais de extração das argilas e às diversas olarias, foi dinamizada, pelo Dr. Hélder Abraços, Técnico Superior do Município de Tondela, uma sessão de informação relativa à origem do barro preto de Molelos, à evolução histórica das diversas modalidades de extração e conceção das peças, bem como as suas propriedades químicas e potencialidades terapêuticas. Além dos alunos da turma do 6º A que está a dinamizar o projeto, estiveram presentes alguns professores da turma e ainda alguns elementos da equipa da biblioteca.
Com este projeto, pretende-se ajudar a despertar a consciência dos alunos, para a descoberta do meio que os rodeia, a importância da ciência e da responsabilidade que lhes cabe, em utilizar bem os recursos naturais, criando um mundo sustentável e potenciador da economia local e nacional.
Pela recetividade da assistência, foi uma sessão muito interessante, enriquecedora e motivadora, a qual proporcionou aos presentes um conhecimento diversificado das potencialidades daquele recurso natural local.
Salientou-se que as gerações de outrora, servindo-se das argilas existentes na região, assim como, da sua excelente plasticidade, criaram objetos de barro, importantes na sua vida do quotidiano e também na economia local. As crescentes necessidades do mercado, levaram ao desenvolvimento da atividade artesanal, que tem perdurado ao longo do tempo, sendo visível a evolução das peças criadas e a sua utilização diversificada.
A loiça preta era utilizada para conservar os cereais, azeitona e azeite, para levar ao fogo e cozinhar alimentos, para armazenar líquidos como água e vinho, ou ainda para serem servidas à mesa, a louça preta manteve, ao longo dos tempos, o seu papel imprescindível na vida das populações.

 

Ver mais aqui.

 

Com o objetivo de incentivar o trabalho das  bibliotecas escolares,  foi lançada, pela Rede de Bibliotecas Escolares, a Candidatura “Ideias com Mérito 2014”, que visa selecionar e apoiar as experiências mais consistentes e divulgar as boas práticas daí resultantes.

Nesta conformidade, a Escola Básica de Tondela, do Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido de Figueiredo”, apresentou o projeto “Conhecimento à mão - CIDADANIA.com TIC”, no 1º ciclo, o qual, num vasto conjunto de candidaturas da DSR Centro, foi um dos sete projetos agora selecionados e financiados. 

Este projeto  insere-se  no domínio da Literacia da Informação, mas cruza-se de forma transversal com a literacia da leitura e a digital. Com a sua implementação pretende-se colmatar as carências identificadas no diagnóstico e projeta-se desenvolver, de forma gradual e contextualizada, as competências de informação e comunicação dos alunos do 1º ciclo, para que possam, progressivamente, em etapas sucessivas, saber aceder à informação, desenvolver  espírito crítico, adquirir competências de comunicação e  capacidade de  usar autonomamente essas mais valias, construindo conhecimento.
Os alunos deverão ser capazes de utilizar, de acordo com o seu nível de escolaridade, linguagens, suportes, modalidades de receção e produção de informação variados, entre os quais, o uso de ferramentas digitais. Pretende-se, também, transformar as BE num verdadeiro espaço de aprendizagem e de conhecimento, alargando a sua ação às outras nove escolas da periferia, pelo que deverá ser desenvolvida uma maior articulação entre a equipa educativa e os docentes, pois consideramos que as atividades desenvolvidas nas BE só ganham sentido quando integradas em processos pedagógicos. É necessário mobilizar toda a comunidade escolar, despertar novas motivações, maximizar recursos, criar uma cultura autónoma de pesquisa e utilização da informação, de forma transversal e em contexto de aprendizagem. As mudanças propostas, vêm apenas exigir que os trabalhos de pesquisa, que já eram pedidos, sejam, agora, planeados de forma mais objetiva, organizada e centrada no desenvolvimento de capacidades informativas.

 

 

Ver mais em: http://bibliotecasaetcf.blogspot.pt/2014/04/biblioteca-da-escola-basica-de-tondela.html

 

Página: ()   1  2  3  4  5  6  7  8  ()